Deck: Dragon Priest

O que era uma dos poucas opções viáveis para o Sacerdote antes de Geringontzan, o Dragon Priest ganhou muita força com a série nova.

O Agente Draconídeo é um dos cards mais fortes que foram lançados – basta compará-lo ao igualmente forte Draco Lazúli para entender o que eu quero dizer. Além do Agente, o Sacerdote da Garra do Kabal é também uma excelente adição à estratégia.

Esse deck consegue utilizar bem a habilidade da Clériga da Vila Norte já que possui muitos lacaios com muitos pontos de vida, além de ter bastante maneiras de controlar a mesa – tanto através do feitiço como por seus lacaios. E por fim a Historiadora Eteródio habilita a opção tanto de dragões para finalizar a curva quanto mais possibilidades de acesso a outros Agente Draconídeos – afinal se um é bom, muitos nunca são demais.

Substituição de lendário no Dragon Priest

  • Brann é bastante importante nesse deck, mas sua ausência pode ser compensada com cards para combater outras estratégias como Gosma Ácida do Pântano, poção de loucura ou poção de fogo se dragão, ou carda de valor como dragões lendários ou curador de museu.

Deck Dragon Priest