Deck: Aggro Shaman

De volta ao topo do formato após a série de nerfs que sacudiu as suas bases após Karazhan, os decks Aggro Shaman são outros que fazem bom uso dos piratas de Geringontzan. A falta de um pirata de classe de custo 1 levou essas listas a utilizar o Marujo dos Mares do Sul para aumentar as chances de invocar o Remendo direto do seu deck.

A versão mais popular desses deck atualmente é a que usa mais as interações do Golens de Jade, mas as listas mais clássicas com Martelo da Perdição e Arma Trinca-pedra ainda são encontradas.

Várias listas atualmente tem cortado o Dom Finlei, 1 Portal da Voragem e/ou 1 Marujo dos Mares do Sul para encaixar 1 ou 2 Draco Lazúli, que embora tornem a curva de mana mais pesada, interagem muito bem com as Garras Espirituais e os seus vários feitiços de dano.

Substituição de lendários no Aggro Shaman:

  • Remendo, o Pirata – não ter o Remendo demanda uma alteração drástica da composição desse deck, pois sem ele não há a necessidade de se usar o Marujo dos Mares do Sul e até mesmo o uso do Bucaneiro Café-pequeno se torna questionável. Não recomendo usar essas listas sem ele, é melhor buscar uma versão mais midrange.
  • Dom Finlei Mrrggltone – ao contrário do Remendo, a presença desse Murloc é completamente opcional nesse deck. A substituição recomendada é aquela sugerida acima, Draco Lazúli. Cavalgante Argênteo é outra opção boa que não pesa tanto na curva de mana.
  • Aya Patanegra – é um card excelente para o fim de curva, interagindo muito bem com a temática dos Golens de Jade, mas não é essencial também. Pode ser bem substituída por Draco Lazúli ou Criatura das Profundezas

Deck de Aggro Shaman